domingo, 31 de outubro de 2010

Disney Dream

Foi ontem lançado à água em Papenburg. É o maior navio de passageiros construído na Alemanha: 340 metros de comprimento, 128 mil toneladas, e terá alojamento para 4000 passageiros.
Aguardo para vê-lo subir o rio Ems em Novembro e poder tirar umas fotografias...

As imagens têm direitos de cópia e por isso apenas vos posso deixar com os links:



sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Um pequeno pormenor


Até aqui tudo normal. Zona de hospital, livre de fumo ("smoke-free Hospital"). E um aviso de que é proibido fumar fora das zonas autorizadas.


Aqui é que está a novidade! 
Ao lado está um aviso de que este é o último cinzeiro antes da entrada : )))))
Fez-me lembrar aqueles avisos na auto-estrada a dizer "último posto de reabastecimento antes de...".

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Fúchsias


Nome Científico: Fuchsia hybrida ; Nome Popular: Brinco-de-princesa, fúchsia, agrado, lágrima.

Charles Plumier descobriu esta planta em 1703 na Ilha de S. Domingos (também conhecida por Hispaniola),(hoje República Dominicana e Haiti), e atribuiu-lhe esse nome em honra do botânico alemão Leonhart Fuchs (1501-1566) (ver nota no final).
Esta flor é o símbolo do Rio Grande do Sul. Aqui fica uma pequena homenagem aos muitos leitores brasileiros que visitam os postais :-)
O brinco-de-princesa ou fúchsia possui muitas variedades, sendo que tanto pétalas quanto sépalas podem ser de cores e de formas diferentes. As cores mais comuns são vermelho, rosa, azul, violeta e branco, com diversas combinações. A ramagem é normalmente pendente, mas pode haver variações, com plantas mais erectas e outras mais pendentes.
Foi uma planta muito popular no Verão aqui no nosso jardim :-) Acho-a muito fotogénica!



Links relacionados:
http://www.jardineiro.net/br/banco/fuchsia_hybrida.php
http://brincodeprincesa.com.br/Flor.htm 
http://en.wikipedia.org/wiki/Leonhart_Fuchs 

(*) Curiosidade: em alemão "Fuchs" significa raposa.

domingo, 24 de outubro de 2010

Passeio pelo dique


No dia 12 de Outubro mostrei aqui um postal intitulado "o dique".
Propositadamente só tinha fotografias do "lado de cá" do dique. Agora vamos dar uma olhada pelo outro lado, do mar.


sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Explorando outras dimensões


O mesmo é dizer: andando de gatas pelo jardim!
São os resquícios do Verão que já lá vai e sabe sempre bem recordar, especialmente nestes dias de chuva :-)
O material para o efeito não será o melhor, o "artista" é  ruim como se sabe, e tudo junto, com muita paciência, dá este resultado.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Caminhos de Outono


O ciclo repete-se. E esta visita aos jardins de Evenburg impõe-se em todas as estações do ano.
Seleccionar a etiqueta Leer (no fim do postal) para ver outros postais relacionados.


segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Forragear


Forragear é...
in Dicionário da Língua Portuguesa Priberam Informática e Porto Editora,
  v. intr., colher forragens; (De forragem + -ear)

Por outras palavras: a formiga amealha para o longo Inverno que se avizinha... :-)


domingo, 17 de outubro de 2010

Todos os cogumelos são comestíveis...



... alguns apenas uma vez!
:-)

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

O 502º Gallimarkt de Leer

 Selo de 2008 evocativo dos 500 anos do Gallimarkt

O Presidente da Câmara de Leer abriu solenemente esta festa centenária na 4ª feira de manhã.
A história repete-se todos os anos. Começou por ser um importante mercado de gado, com início em 1508 na regência do Conde Edzard. Esta "Festa de Outubro"  (Oktoberfest) do Norte transformou-se num dos eventos mais importante da Frísia de Leste. Tem de tudo um pouco: um enorme parque de diversões, exposição de máquinas agrícolas, competições desportivas, acções culturais e a grande parada  no Domingo com os trajes antigos tradicionais.


quinta-feira, 14 de outubro de 2010

A "Bomba de Dahlbusch"

Depois das cenas que prenderam e emocionaram o Mundo com o resgate dos 33 mineiros no Chile aqui fica um pormenor sobre os antecedentes da cápsula Fénix 2.
A cápsula de resgate construída pela Marinha chilena (com apoio de técnicos da NASA) é uma versão melhorada de uma invenção alemã, já com algumas décadas: a "Bomba de Dahlbusch".
Em Maio de 1955, na mina de carvão de Zeche Dahlbusch, em Gelsenkirchen, na região do Ruhr, o engenheiro Eberhard Au (então com apenas 34 anos) desenhou uma cápsula de salvamento com um diâmetro de apenas 38.5 centímetros.
O engenho conseguiu resgatar 3 mineiros, presos a uma profundidade de 855 metros, através de uma perfuração de 43 metros feita a partir de outro piso da mina.
Em 7 de Novembro de 1963, o engenho voltou a ter destaque quando serviu para resgatar 11 mineiros, presos durante 2 semanas, a uma profundidade de 58 metros numa mina de ferro em Lengede, evento que ficou conhecido na Alemanha por "Milagre Lengede" (Wunder von Lengede).
Eberhard Au nunca registou a patente do engenho. Limitou-se a dizer: "O importante é que os rapazes saiam de lá!
A "Bomba de Dahlbusch" original está no Deutsches Museum, em Munique.

Nota: optei por não publicar imagens ou fotografias de outrém de modo a não desrespeitar direitos de cópia. Daí a aridez deste postal sem fotografias :-(

Aqui ficam os links com interesse:

terça-feira, 12 de outubro de 2010

O dique

Pode ver-se o dique no lado direito da fotografia

Os gauleses, de Astérix e companhia, costumavam dizer que só tinham medo de uma coisa: que o céu lhes caísse em cima!
Outros povos, outros medos. Para uns serão as monções, para outros os fogos, as chuvas, os desabamentos de terras, a seca, etc.
Posso acrescentar que pela minha experiência nesta região, noroeste da Alemanha (e em outras zonas costeiras dos Norte da Europa) o tal receio pode ser simplesmente ... a quebra do dique.
O dique! Ou, melhor, os diques, pois quase tudo tem diques de protecção: a orla costeira, os rios e lagos.
Comecemos pelo princípio: nesta região pantanosa e baixa (um metro abaixo do nível médio do mar) o povo frísio começou a proteger-se das intempéries, especialmente entradas do mar aquando das tempestades, com a construção de diques rudimentares.
Mais tarde foram também os rios que começaram a ter diques, especialmente nas regiões onde havia mais possibilidade de haver cheias.
Por isso, nesta região, onde não as únicas elevações são os diques, para se ver os rios ou o mar ... tem que se subir ao dique!


segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O professor Girassol



Não será o centro do sistema solar mas é o centro de um girassol. Aprendi que esta parte do girassol esconde muita matemática: espirais de florinhas orientadas segundo ângulos dourados (137.5º), que se cruzam em números consecutivos da série de Fibonacci. Tipicamente serão 34 numa direcção e 55 na outra, ou podem ser, se a planta for maior, 89 e 144.

 

sábado, 9 de outubro de 2010

Cores de Outono (1)


São as primeiras fotografias deste ano com as cores de Outono! Foram tiradas hoje em Leer.


quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Seppi, a super-cacatua

A história é mais fácil de contar do que de acreditar...
Era uma vez uma cacatua (ou catatua) chamada Seppi que vivia em Klagenfurt na Áustria.
O animal foi comprado por um dinamarquês através de um negociante que vive aqui na região de Leer. Daí a notícia ter aparecido num jornal local desta região. 
Preço? 12 000 Euros!
O novo proprietário lá achou que o (ou será “a”?) Seppi quando voava denotava uma certa inclinação das asas, nada adequada à raça e ao preço(!) da ave.
Resultado: uma acção em tribunal. Apresentou inclusivamente relatórios de um veterinário a justificar que o bicho tinha um problema numa asa.
O processo decorre em Klagenfurt desde a Primavera deste ano. Nas primeiras audiência o juiz quis entender os meandros do negócio. Ao que parece o criador austríaco terá trocado a cacatua por outros dois animais mais novos em 2007; negócio feito com o tal cidadão de Leer que mais tarde terá vendido o super-pássaro ao dinamarquês. 
O juiz de Klagenfurt ordenou testes de voo. Para tal foi necessário alugar um enorme pavilhão e prepará-lo com câmaras de vídeo de modo a analisar o voo do Seppi, bem com o seu desempenho a aterrar e levantar voo.
Vai daí a super-cacatua foi sujeita aos mais variados testes, num dos quais devido a um flash de um repórter foi embater numa parede, e ao que parece a asa não ficou melhor...

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Artista de rua


Onde a arte é efémera e quiçá a sua apreciação pouco valor terá...
Nem sei se as moedas darão para comprar o giz.
Aqui fica o momento. Foi em Bremen, num dia qualquer.

domingo, 3 de outubro de 2010

3 de Outubro


O dia esteve bonito e com temperatura agradável (20 graus), convidativo para um passeio de bicicleta. Daí a fotografia :-)

Foi há 20 anos a reunificação da Alemanha.