quarta-feira, 30 de outubro de 2013

A tempestade destruiu um dos moinhos de Greetsiel!

 
A tempestade no início da semana foi a maior dos últimos 15 anos no Norte da Alemanha, com força 12 na região costeira.
Os estragos foram muitos, as notícias na tv têm mostrado muitos telhados destruídos (nas ilhas foi uma calamidade), produções agrícolas, paragens de linhas férreas, etc. E o pior é que também houve a tragédia da perda de vidas.
Sobre os estragos não vi ninguém a chorar, coisas próprias de um povo que está habituado a reconstruir.
Um dos moinhos de Greetsiel, ícones da região frísia e um local muito visitado pelos turistas, não resistiu à tempestade.
Podem ver o filme aqui (mais para baixo na página está um filme):
Mas a população já se está a mobilizar para a reconstrução!
É assim mesmo :-) 
 
Podem ver outro postal sobre Greetsiel aqui:
 
 

O golo fantasma

Sou da opinião que para as notícias existem os jornais. E por isso normalmente não trago para o blogue temas que deixo aos especialistas das notícias. E opinadores há muitos, até demasiados :-)
Mas desta vez faço uma pequena excepção por causa do "Golo Fantasma" que tem corrido o Mundo.
No jogo do passado dia 18 de Outubro entre o Hoffenheim e Bayer Leverkusen, que terminou com o resultado 1-2, com um golo marcado por Stefan Kießling, que entrou por um buraco na rede lateral. Ou seja a bola entrou, mas não como devia :-)
O golo está aqui, por copyright não o publico directamente:
http://www.youtube.com/watch?v=AxekQcBH3pc

Muito já foi dito. O Hoffenheim recorreu para o tribunal desportivo da Federação de Futebol Alemã e o veredicto já saiu: o jogo não será repetido, o tribunal acha que não houve violação de regra, mas sim uma decisão factual do árbitro. E estas decisões mesmo que erradas são intocáveis e não se podem alterar. Tudo isto pode ser lido nas notícias.
Penso que todos ficam mal: o Hoffenheim, por não ter as redes em condições e pelo comportamento impróprio dos adeptos, o árbitro, e o próprio tribunal. Imagino o que aconteceria se o jogador tivesse dito ao árbitro que não tinha sido golo :-)
Atrever-me-ia a ir mais longe, fica mal o futebol e a Alemanha, pois penso que noutros países já se usam processos que permitem ao árbitro ajuizar melhor estas situações.
Em todo o caso acho que a repetição do jogo não chocaria nem muitos dos adeptos do Leverkusen :-)

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Dia dourado!


Um dia de fim de Outubro com 23 graus? :-)
Um pouco por todo o lado percebia-se como um dia assim é especial.
Na rádio a locutora dizia, vão lá para fora e saboreiem o dia dourado!
Esta tarde quando fui de bicicleta fazer umas comprinhas ao supermercado local, pelo caminho muitos cuidavam dos jardins, e em cada saudação "Moin!" ouvia-se o eco, fossem velhos ou crianças. Sentia-se a alegria no ar, era contagiante!
Não tirei nenhuma fotografia mas deixo-vos com uma das minhas fotos de Outono, adequada ao tema penso eu :-)

domingo, 20 de outubro de 2013

Lüneburg

 
Cerca de 45 km a sudeste de Hamburg fica a cidade hanseática de Lüneburg, com uma população de 72 mil habitantes.
É também conhecida como a "cidade do sal", uma recordação do passado quando a cidade era um importante centro industrial de produção de sal-gema.
Por essa razão a cidade pertenceu ao poderoso grupo da Liga Hanseática, que estabeleceu e manteve um monopólio comercial sobre quase todo o norte da Europa e Báltico, desde os fins da Idade Média e começo da Idade Moderna.
Devido ao lento afundamento do quarteirão histórico da cidade que  foi construído sobre um domo salino a extracção de sal foi parada por volta de 1980.
Gostei da visita à cidade, muito bem recuperada e cheia de visitantes, pois o negócio maior agora é o turismo. Ali bem perto fica situado o Lüneburger Heide, ou Charneca de Lüneburg, que é uma extensa região de natureza protegida, e umas das atracções turísticas.
 
Rathaus, Edifício da Câmara

domingo, 13 de outubro de 2013

O porto de Hamburgo

 
Já lhe chamaram a "Entrada para o Mundo" e é o maior porto da Alemanha. É o terceiro mais movimentado da Europa (a seguir a Roterdão e Antuérpia) e um dos mais movimentados do Mundo.
O porto tem um dos mais sofisticados terminais de contentores, extremamente automatizado e complexo.
Numa visita a Hamburgo o passeio de barco pelo rio Elba é obrigatório :-)
Uma das atracções é também o Mercado do Peixe mas para isso é conveniente levantar bem cedo :-)

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Hamburg Hbf


Hamburg Hauptbahnhof, é a estação principal de comboios em Hamburgo.
Foi uma panorâmica captada de passagem sem grande preparação pois o tempo para apanhar o próximo comboio não dava para mais. Talvez por isso a fotografia apenas revele uma parte da grandiosidade do local e não regista o movimento de comboios que é também constante e intenso.
São 450 mil passageiros por dia, é a estação mais movimentada da Alemanha (a par com a de Munique) e a segunda da Europa logo a seguir à Gare du Nord em Paris.

domingo, 6 de outubro de 2013

Uma igreja diferente


Uma igreja numa embarcação, Flussschifferkirche no seu nome alemão.
É uma igreja evangélica de Hamburgo, que desde 1961 até 2007 foi uma paróquia independente, tendo então, devido aos custos, passado a ser financiada por uma instituição privada.
Tem capacidade para celebrar missa para 130 pessoas. O seu símbolo é a combinação de uma cruz com uma âncora.
http://de.wikipedia.org/wiki/Flussschifferkirche
 
Em segundo plano pode ver-se a Speicherstadt de Hamburgo
 

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Continuando o passeio por Galway


Uma pequena colecção com artistas de rua :-)


 
 
Spanish Arch

O Arco Espanhol era uma extensão da muralha da cidade, desde a Torre de Martin até à margem do rio Corrib, que servia como medida de protecção ao cais da cidade, localizado no então chamado Mercado do Peixe (Fish Market), e agora Spanish Parade.
Os efeitos do terramoto de 1755 que destrui grande parte de Lisboa chegaram a fazer-se sentir até aqui onde um maremoto também destruiu parte do arco.