quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Um bom ano novo!


A todos agradeço e aproveito a efeméride para desejar um bom ano de 2011, esperando sempre que seja melhor do que o anterior :-)
À falta de melhor  apresento-vos fotografias recicladas da passagem do último ano, pois o espumante deste ano ainda não foi colocado lá fora. O fogo de artifício da vila não é impressionante mas mesmo assim, no escuro da noite e na imensidão da planura frísia, é bonito de se ver.
Então, boas festas e até para o ano!

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Ex-Cartões de Natal


Ainda com os cheiros do Natal pelo ar, e a cor branca por todo o lado, aqui fica uma colagem com os cartões de Natal que enviámos este ano. 
Trata-se de uma colecção com fotografias de uma composição de frutos secos decorativos. Até inventei umas "Uvas de Inverno" :-)
Hoje em dia, acho que só os "humanosáurios" é que escrevem cartões de Natal. Temos um amigo que nos dizia, triste, que de mais de 20 cartões de Natal que enviou só recebeu uma resposta!
Talvez o Natal deva voltar a ser aquela altura do ano em que devemos dedicar mais atenção aos outros, nem que seja só a escrever um cartão de Natal.
Sinto que esta aceleração que o próprio ser humano imprime ao tempo é que destrói muito de bom que a vida ainda vai tendo...
Ai!, as modernices e os emails e cartões electrónicos! Eu próprio confesso que não resisti e para muita gente enviei apenas mensagens por correio electrónico.

"Uvas de Inverno"

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Passeio de Domingo


O passeio de Domingo foi pela neve.
Um pouco por todo o lado as estradas continuam intransitáveis e o dia começou a nevar e com alguma neblina. Mas o passeio teve o encanto da neve :-)

A clientela do baloiço está de férias :-) Mas os cavalos aproveitaram o dia bonito...

domingo, 26 de dezembro de 2010

A rena e o buda


Levantei-me durante a noite de Natal e consegui fotografar uma rena que esperava no jardim de uma casa. O Pai Natal não se deixou ver mas é bom ao fim de muitos anos voltar a acreditar que afinal ele existe.
:-)

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Noite de luz

Frohe Weihnachten


Por cá é um Natal branco, lindo, frio só lá fora :-), com beleza mas também com os inconvenientes da neve e do gelo, que impedem muitas famílias de poderem estar juntos.

Um Feliz Natal para todos, especialmente os que visitam o blogue!

Os costumes de Natal na Alemanha:

Como se diz Feliz Natal em várias línguas:

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Um banho de neve

Neve também é água :-)

E não foi só o menino da fotografia. Um pouco por todo o lado todos estamos a levar um grande banho de neve...

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Por acaso


Tenho observado as últimas noites de lua cheia, e quando se olha pela janela e se vê o luar que bate nos telhados cobertos de neve dá vontade de tirar fotografias.
Então ontem de manhã cedo quando a lua começou a descer, mais perto dos telhados brancos, lá arrisquei.
A experiência valeu ...pela surpresa! Eis que sem querer fotografei um eclipse parcial do nosso satélite natural :-) 


Bem sei que o fenómeno não é assim tão raro, mas para mim, que fui surpreendido, não deixou de ter a sua piada.
Depois acabei por confirmar o fenómeno.  Aqui, por exemplo, no sítio da revista Veja há uma referência:
http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/eclipse-lunar-total-na-terca-eclipse-solar-parcial-em-janeiro

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Saukalt


Expressão em alemão coloquial para dizer que está um frio de rachar!
A expressão aglutina as palavras "Sau" (porca), (não esquecer de ler como Zau), e "Kalt" (frio) e acaba por ter uma certa graça, quando se conhece melhor a língua e se associa a outras expressões do género: Schweinekalt, Hundekalt, etc.
Era o que o termómetro da minha secretária hoje de manhã com certeza me diria se ... falasse :-) 

Curiosa é também esta tradução da língua inglesa:
"As cold as a brass toilet seat in the Yukon!"

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Mapas?


(clicar nas fotos para ver maior)
Mapas? Fractais? 
Frio é certamente!

sábado, 18 de dezembro de 2010

Um passeio pelo bairro


Aeroportos fechados, estradas perigosas, as portas do carro nem se conseguiam abrir com o gelo, e por tudo isso hoje, como estava prometido, passeio ... só a pé :-)
A primeira fotografia é de um lar para idosos. A vila tem boas infraestruturas para apoio à velhice com  dois grandes lares e muita oferta de casas (para alugar), com serviço de apoio domiciliário. As novas casas são todas construídas com portas largas, que permitem a passagem de cadeiras de rodas, e com outras facilidades para pessoas com limitações de locomoção. 
Não há soluções óptimas mas o que me é dado observar  aqui , e que sinto, é a dignidade na vida das pessoas idosas. Conheço muitos casos na vizinhança e ao contrário do que as pessoas possam pensar não vivem com pensões de reforma muito elevadas. Na Alemanha as pessoas quando se reformam têm um corte apreciável no salário e muitos têm de alterar a sua vida para um estilo mais económico. Daí a procura destas soluções e também a oferta elevada na região.


A rua principal da vila até nem parecia má para se andar, mas se repararem na primeira rua à esquerda, parece uma pista de gelo. Mesmo assim ainda vi algumas pessoas a andar de bicicleta! :-)

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

As faces do Inverno


Velho marinheiro, mas não esquecendo que também sou um alentejano na Frísia, terei no último postal falado antes de tempo... :-)
De facto não chegou nenhuma tempestade mas as circunstâncias atmosféricas de ontem trouxeram-nos o melhor e o pior que o Inverno nos pode proporcionar.
Primeiro tivemos chuviscos de neve "molhada", (não foi muito, mas sempre foram 10 litros de precipitação), e depois veio uma brusca descida de temperatura que congelou tudo.
Por um lado temos a beleza das paisagens e a curiosidade de muitas cenas insólitas, por outro lado o incómodo que é ter de sair do aconchego da casa, com os pisos espelhados e extremamente escorregadios, quer para pessoas quer para as viaturas.
Andar de carro é uma aventura, (limpar e abrir as portas já o é :-)), os travões congelados e o piso também tornam tudo muito perigoso mesmo com velocidade reduzida.
Por todo o lado no Estado da Baixa-Saxónia é o caos, com filas intermináveis nas auto-estradas. A maioria das pessoas aceita a situação com naturalidade e confia nos serviços de protecção civil que são exemplares no apoio à população. Mas o sal para as ruas escasseia, como é normal em situações extraordinárias.
Aqui ficam algumas fotografias de hoje. Amanhã ou depois, talvez com sol, prometo mais :-)


quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

A tempestade que resolveu ir para outro lado


A noite estava tranquila e fria (com 6 graus negativos) e os "sapos do tempo" anunciavam uma tempestade com muita neve para hoje. 
Enganaram-se, e em vez disso, veio alguma chuva de neve (ou aguaneve), que quando cai liquidifica logo por causa da temperatura menos fria. É bom, assim não é preciso limpar :-)

"Schneeregen", não é neve não é chuva, algo é certamente...

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

"Sol" numa manhã de Inverno

Um pouco de "sol francês" numa manhã de Inverno :-))

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Corvos congelados?



Contemplando a própria sombra? Ou será que está medindo a sua altura?
Já agora dou uma ajudinha:
Altura = R x seno de 18 graus!

Sol com 18 graus de elevação à uma da tarde! :-)

Um truque!


Um truque de fotógrafo: se tirarem fotografias a nevar e desejarem realçar os flocos de neve que caem utilizem o flash, mesmo de dia (e de preferência seleccionem um disparo lento).
Ainda não experimentei com chuva, mas o efeito pode ser interessante.
Espero que a sugestão seja útil :-)

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Empacotador de árvores de Natal


Um aparelho muito simples mas que se revela de uma utilidade enorme. Sempre gostei de soluções destas que vão evitando o recurso a coisas complicadas e caras mas que no fundo não trazem nada de novo à evolução da Humanidade :-)


Ver na próxima imagem como funciona...

sábado, 11 de dezembro de 2010

Leer em Dezembro


Algumas imagens de Leer, ontem. 
Hoje, com uns magníficos 7 graus positivos, o gelo e a neve quase que derreteram completamente.
Amanhã à noite o frio voltará... talvez para nos trazer um Natal branco.

A habitual pirâmide no mercado de Natal da cidade.

Postal do dia

O chefe...

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Estudos patológicos?


Se a geologia é ciência que estuda a história da Terra, a sua estrutura, os materiais que a compõem, a sua natureza, forma e origem, então por que a "patologia" não é a ciência que estuda os patos ? :-)
Digamos, então, que hoje fiz um estudo "patológico"...

Sozinho no parque?


Aprendi num documentário televisivo de ciência por que razão os pinguins não têm as patas frias: possuem uns músculos junto às patas que se contraem e bombeiam o fluxo sanguíneo de modo a controlar a temperatura das extremidades...
Talvez nos patos também seja assim :-)

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Foto do dia

O peso da água...

Relembro que vez em quando vou mostrando algumas fotos do dia no outro blogue:

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Inverno em Evenburg


O castelo foi mandado construir pelo coronel Erhard Barão de Ehrentreuter de Hofrieth (1596-1664), comandante da guarnição holandesa de Emden (cidade vizinha), entre os anos de 1642 e 1650.
Evenburg, o nome do castelo e da região envolvente, foi dado em honra de sua esposa Eva, baronesa de Ungnad da Boémia, com quem se casou em 1631. 
O coronel von Ehrentreuter recebeu a região de Loga e a aldeia vizinha de Logabirum do conde Ulrich II, da Frísia Oriental, como pagamento das suas consideráveis dívidas de jogo.


domingo, 5 de dezembro de 2010

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Fim do dia


Foi assim o fim do dia, com o pôr-do-sol às 1615. Um dia em que já foi preciso usar a pá para limpar a neve.
Está na altura de começar a pensar nos postais de Natal.
A iluminação da rua não será a mais vistosa mas os alemães são poupados...

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Ainda em Oldenburg...


Acho que já referi noutros postais que umas das coisas mais impressionantes que costumo observar aqui na Alemanha é o bom estado de conservação do património (e não só o de interesse histórico).
Oldenburg tem muitos destes exemplos para fotografar. 
Degodehaus é uma das preciosidades que descobri nesta cidade. Pertenceu ao famoso Conde Anton Günther (1603-1667) de Oldenburg que depois a doou a um dos seu conselheiros como prenda de casamento. 
Depois da morte do Conde Anton Günther  a cidade pertenceu ao Reino da Dinamarca, de 1667 a 1773. Foi um período negro na história da cidade devido à peste 1668 e ao grande incêndio, em 1676, que destruiu mais de 700 casas e reduziu a cidade a ruínas.
Esta casa foi uma das poucas que "sobreviveu" a esse grande incêndio. Foi construída em 1502 e restaurada em 1888 conforme se pode ver na fachada do edifício.


Ao longo da sua história pertenceu a vários proprietários e no séc. XIX , em 1860, Wilhelm Degode de Jever tomou-a como casa de comércio. Um dos seus filhos, George Wilhelm Degode, que nasceu nesta casa, foi um famoso pintor da época.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Lamberti Markt


De vez em quando é bom ir a uma cidade com tamanho de ... cidade :-)
Oldenburg é uma cidade com 160 mil habitantes, e é a maior cidade desta região, no noroeste da Baixa Saxónia e a quarta maior deste estado.
Começou por se chamar Aldenburg no século XII e hoje em dia é uma importante cidade universitária.
Nesta época é famosa pelo seu Mercado (ou Feira) de  Natal, o Lamberti Markt, por se realizar na praça da igreja com o mesmo nome, St- Lambertikirche.
Oldenburg na Wiki:


domingo, 28 de novembro de 2010

Der Schwarzer Einser

(Imagem de domínio público obtida na Wiki)

Não vejo muitas vezes o "Quem quer ser milionário?" mas na sexta-feira passada o popular concurso da televisão RTL foi diferente, pois não é todos os dias que alguém ganha o milhão de euros do prémio maior.
Ralf Schnoor é o proprietário de um "Kneipe" (bar típico na Alemanha) e tem um costume que lhe valeu para ganhar o concurso. O vencedor costuma organizar pequenos concursos de perguntas no seu bar ("table-quiz", julgo também muito típico dos bares ingleses) .
Por isso quando chegou a última pergunta, que costuma ser fatal, do milhão de Euros : "Qual o nome do primeiro selo de correio alemão criado no ano de 1849?"  não se deixou impressionar. Ainda tinha 2 jokers e usou o telefone para ligar para um amigo.
Qual não foi o espanto do apresentador do concurso quando ele começou a falar de trivialidades com o amigo! 
Afinal ele já sabia a resposta. :-)

Der Schwarzer Einser (o Kreuzer negro) foi realmente o primeiro selo de correio do Reino da Baviera. Foram emitidos 832 500 selos na primeira edição.
O Kreuzer foi uma moeda dos reinos e estados alemães e austríacos, cunhada pela primeira vez em 1271, no Tirol. 1 Kreuzer  = cêntimo de florim (a sua designação deriva da dupla cruz marcada na face da moeda). Durante os séculos XVIII e XIX foi cunhada em cobre.
Como tradução livre poderíamos usar a palavra "cruzado" ou "cruzeiro", tal como moedas que já existiram em Portugal e no Brasil.

Mas voltando ao homem do bar...
A primeira decisão do vencedor foi, respondendo à pergunta do apresentador Jauch, que em vez de baixar o preço do café vai antes aumentar o ordenado dos seus empregados :-)
A partir de agora já estou a ver o pessoal da cervejola a chegar aos bares e pedir uma Bier com um "table-quiz"...

sábado, 27 de novembro de 2010

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Como um verdadeiro náufrago...


Como um verdadeiro náufrago... desligado do Mundo por alguns dias que pareceram uma eternidade! :-)
Computador da marca "BURRO" que só se liga quando ele quer é o que dá. Afinal o bichinho só se estava a queixar porque tinha muito lixo lá dentro e não arrefecia como devia.
E nestas coisas é preciso manter a cabeça bem "fresca".
Nada que uma pequena operação cirúrgica não resolva.