segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Alfredo Cascão


O postal de hoje não é da Alemanha. É uma história universal.
Aconteceu no último Natal e foi a minha história de Natal; já perceberão porquê.
A história completa será melhor entendida se lida pelas palavras dos intervenientes. Vale a pena ler a peripécias e dificuldades por quem passa quem tenta fazer uma boa acção (clicar aqui, mas convém ler de baixo para cima, para ter a cronologia certa).
É a história de um cão abandonado.  Felizmente encontrado por quem se entregou a tentar dar-lhe um futuro melhor e que teve a sorte de através do Facebook um antigo dono o ter reencontrado.
Final feliz :-)
E pai feliz sou eu!, porque quem o encontrou foi a minha filha, e deu um exemplo de cidadania e amor aos animais que merece ser elogiado.
Curiosamente o Cascão chama-se assim porque foi encontrado pelo dono próximo do Cascais Shopping. Depois, sem saber, a minha filha chamou-lhe Alfredo porque o cão foi encontrado em Alfragide. Será apenas uma coincidência mas que não deixa de ser engraçada.
Agora o Cascão até tem um perfil no Facebook! (ver aqui). Tem 2 tias e trinta e tal amigos :-
Afinal Natal é quando as pessoas quiserem ...

(fotografias obtidas nos links indicados)

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Na estação


Uma estação de comboios. Pessoas que partem, outras que chegam, algumas que  passam apenas.
Local com muito movimento e agitado, uma estação pode também ser um local de espera pouco divertido e chato. Mas com um pouco de imaginação podemos transformar a estação num laboratório de observação de humanos!
E divertirmo-nos um bocado ....

Com umas moedas pode-se brincar com estes modelos de comboios expostos numa vitrina no átrio principal da estação. Achei uma óptima ideia!

Ou então, para que a cabeça não se gaste. podemos olhar simplesmente para um relógio  na parede e deixar um pequeno desafio matemático: a que hora, minuto e segundo, os dois ponteiros ficaram exactamente sobrepostos, um pouco depois das 2 horas?
:-)

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

"Nu is Teetiet!“


É a expressão em Platt Deutsch para anunciar: "Agora é a hora do chá!".
O chá é a bebida tradicional da Frísia de Leste. Num país onde o café é a bebida mais comum (e nem vou falar da cerveja :-)) não deixa de ser curioso este hábito  nesta região.
Quando se recebe uma visita é mais tradicional beber-se chá, normalmente o chá preto e forte. O ritual do chá, servido em chávenas pequenas e finas, inclui o aquecedor, que é uma base para manter o bule sempre quente, o creme e os kluntjes, que são pedrinhas de açúcar cristalizado. Atenção que não se trata de torrões de açúcar. Os kluntjes são cristais (de açúcar branco ou castanho) com faces brilhantes que derretem lentamente e fazem uns estalinhos enquanto se desfazem.
Claro que este ritual não pode passar sem os biscoitos ou fatias de bolo, quase sempre Torte de qualquer coisa.
E há quem o beba com um "cheirinho" de uma bebida alcoólica à escolha.

Ver aqui mais sobre a cerimónia do chá na Frísia de Leste:

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

TFC


Toupeiras Futebol Clube!
Não se trata de uma obsessão, apenas de mais uma fotografia captada durante um passeio.
Ainda dizem que o paraíso não existe?  Das toupeiras, claro! :-))

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Tempo de reflexão


É tempo de reflexão.
Foi assim que comecei o blogue. 
Como estas coisas dos arquivos ninguém vê ou lê, ou então desaparecem misteriosamente, é melhor reeditá-las, nem que seja numa nova versão.
Passei por lá há 3 dias, exactamente 2 anos depois, o cenário parecia o mesmo, as criaturas também.
Há dois anos comecei com uma pergunta: "Será que um dia seremos todos assim?"
Hoje, para mim, já deixou de ser uma pergunta...

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

2


2, um número, um par;
2 gaivotas, a quem chamei amor!
2 palavras: continuar ou acabar?
2 anos ... de blogue, hoje.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Sorvetes de magnólia


Hoje é um postal de sorvetes. Em homenagem à minha primeira profissão.
Quando era jovem vendi muitos sorvetes... E comi muitos também :-))


segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Uma prenda especial


Um livro é sempre uma prenda especial, especialmente se nos for oferecido pelo autor.
Foi o que me aconteceu neste Natal, o meu primo Fernando Évora publicou mais um livro e não se esqueceu de mim :-)
O postal de hoje não é da Alemanha, pois veio de Portugal.
Aqui há uns meses tivemos uma aventura gastronómica por terras alentejanas em que nos divertimos com a cara assustada de um empregado do restaurante que pensou não dispor de comida suficiente para os pesos-pesados que lhe entravam pela porta. Então, pedi-lhe que me fizesse uma sinopse do livro que estava para ser lançado.
Posso dizer que o livro correspondeu a todo o apetite com que fiquei nessa altura :-)
Sem querer ser crítico literário, que não sou e certamente nem jeito tenho, posso apenas dizer que num estilo próprio, de excelente contador de histórias, o Fernando Évora mostra-nos um Alentejo profundo, utilizando uma prosa ao mesmo tempo com muita graça mas também com a brutalidade da realidade de uma gente filha de um deus menor.
Obrigado primo Fernando Jorge, não só pelo livro mas também pelos nossos tempos de brincadeira e jogos de xadrez quando éramos mais jovens :-)
Escusado será dizer que aconselho vivamente o "País das Porcas-Saras", do Fernando Évora.
Ver mais informações clicando no sítio da Editora aqui, ou indo directamente para o livro aqui.
O livro está disponível nas principais livrarias, e também online.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

"Flower in red"

4 fases, desde 31 de Dezembro até hoje

Aqui está a amaryllis no seu esplendor!
Uma maravilha da natureza, que "dorme" no seu bolbo durante meses e depois renasce do nada, sobe, sobe e abre desta forma fantástica.


Uma correcção (12Jan): afinal esta flor é uma "Estrela de Cavaleiro" ou Hippeastrum. Pertence também à família das Amaryllidacea e por isso é muitas vezes erradamente chamada por Amaryllis. Daí o meu erro. :-)

O ovo do pequeno-almoço


O ovo cozido é típico do pequeno-almoço dos alemães. É servido numas bases próprias e normalmente  é pouco cozido para se poder comer com uma colher.
O caso não é para brincar mas este ovo, depois de cozido, apareceu assim. Tem dioxinas, com certeza!
Um pouco por todo o lado o tema do momento na Alemanha voltou a ser sobre as dioxinas nos produtos alimentares. Desta vez nas rações dos aviários. O escândalo abrange vários estados alemães e chega além fronteiras.
Será que a nossa solução de comprar no agricultor aqui perto nos garante que as galinhas não comeram dioxinas? Mesmo assim vale a pena tentar...

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Amaryllis 1, 2, 3!


In Wikipédia:
"A Amaryllis tem um rápido crescimento e floração de até um mês. Após a floração o bulbo entra em período de dormência, perdendo todas as folhas e a planta fica com aparência "sem-vida", após esse período nascem folhas e flores novamente."

E eu confirmo, porque e evolução em cima da minha mesa é tão rápida que tenho de a fotografar todos os dias :-)

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Espelho, espelho meu ...


Diz-me quem é mais parecido do que eu :-)
Ou quem consegue descobrir um sorvete de osso mais fundo do que eu...

sábado, 1 de janeiro de 2011

Um ano de sorte!


Ontem recebi uma prenda de uns amigos: um limpa-chaminés!
Já aqui falei no ano passado da tradição alemã de os limpa-chaminés serem um símbolo de sorte ( ver link ).
Com esta prenda fiquei confiante :-) Vai ser um ano de sorte, com certeza!