quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Langenberg (Rheinland)

 
 
Um vila muito antiga com um centro histórico digno de uma visita. Podem ser observadas muitas casas em enxaimel. Ali perto fica Hattingen, outra vila muito visitada por causa dessas construções e que também já mostrei aqui. 
Uma curiosidade que só me apercebi depois de lá ter ido: em Langenberg (Velbert) fica localizado um importante centro de transmissão de sinal de radio e televisão, com uma antena de 300 metros de altura.
 

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Baldeneysee


Bem perto da Vila Hugel, mostrada no postal anterior, fica o lago Baldeney.
Em tempos já foi zona de banhos. Agora é uma enorme zona de lazer da cidade de Essen.
São praticados desportos  aquáticos (vela, canoagem, remo, pesca, etc.) e existem inúmeros caminhos para passeios a pé, patins  ou bicicleta; tem também um campo de golfe.
Enfim, é um magnífico espaço onde os habitantes da região podem aproveitar o seu tempo livre.
 

sábado, 27 de outubro de 2012

Vila Hugel


Algumas da belas fotografias de Outuno que mostrei no postal anterior foram tiradas na visita à Vila Hugel, perto do Baldeneysee, em Essen.
O local foi a residência do industrial e milionário Krupp e da sua família. É uma construção imponente, com 269 salas e quartos, que perfazem um total de 8100 metros quadrados, tudo rodeado por um parque majestoso de 28 ha.
A contrução ocorreu entre 1870 e 1873 durante o "reinado" de Alfred Krupp.
Depois da morte do pai Friderich Krupp, Alfred Krupp tomou o controlo da firma e tornou-a numa das companhias industriais mais importantes do século XIX.
Além de residência a Vila Hugel serviu como local de representação, recepções e festividades. Imperadores, reis, políticos e homens de negócios importantes, todos visitaram a residência de Krupp. A mansão acaba por ser um monumento à época da industrialização e ao capitalismo do seu tempo.
Infelizmente no dia em que visitei o acesso ao interior não foi possível devido a um concerto :-(
Por isso fotografias do interior só aqui, no sítio oficial:

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Hino ao Outono!

 
Outra "bebedeira" de cores!
Mais uma! :-)
Só que desta vez não foi num museu. Depois do banho de cores dado pela exposição que referi no postal anteior, a seguir o espectáculo foi cá fora, onde fiquei extasiado pelas cores da Natureza.
As fotografias são quase todas do último fim-de-semana, tiradas na região de Essen e arredores (Gruga Park, Vila Hugel, Baldeney See, Schloss Borbeck e outros). Depois, na viagem de regresso, juntei-lhes outro local maravilhoso, Schloss Lembeck, que também já mostrei aqui.
Não resisti a juntar-lhes algumas fotografias do Outono do ano passado :-)
No fim de semana as temperaturas estavam acima dos 20 graus mas penso que depois de amanhã estaremos abaixo dos 10 durante o dia e muito próximo dos zero à noite.
Portanto, o Outono está de abalada. Mas é justo que se "cante" um hino às suas cores maravilhosas.
 
 
Quem tiver vontade e paciência pode ver a colecção (46 fotos) na página seguinte.
 

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Uma "bebedeira de cores"!


(clicar para ver introdução)

"In Farbenrausch - Munch, Matisse und die Expressionisten", está no Museu Folkwang, em Essen, até 13 de Janeiro.
A tradução à letra de "In Farbenrausch" pode ser "numa bebedeira de cores", ou se preferirmos um termo mais contemplativo talvez "num êxtase de cores".
O título diz quase tudo o que é preciso saber para lá ir :-) Mas depois de o professor de história de arte ter referido que tinha ido visitar esta exposição, e também porque o tema do semestre é o expressionismo, a decisão foi fácil. E valeu a pena!
A exposição tem como tema central o aparecimento do "fauvinismo" e o desenvolvimento do expressionismo entre 1905 e 1911. Além de algumas esculturas, são apresentados cerca de 140 quadros, muitos da colecção do Museu Folkwang, mas também de  outras instituições: Henri Matisse, André Derain, Maurice de Vlaminck, assim com o norueguês Edvard Munch e os jovens expressionistas alemães e russos, Ernst Ludwig Kirchner, Erich Heckel, Alexej von Jawlensky, Kandinsky, Franz Marc e Gabriele Münter. Também não faltam obras de Van Gogh e Gauguin, cujos trabalhos inspiraram os artistas da nova corrente "Brücke", nascida em Dresden.

Sorry, no photos :-(
Quem desejar saber mais pode consultar o sítio oficial da esposição aqui:
 
Ou ver este filme (falado em alemão mas que mostra muitos quadros)
 

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Não é uma obra do acaso

 
Quando vi esta estrutura não sabia que daí a pouco "o seu proprietário" me iria reservar uma demonstração da sua utilidade.
Já não consegui tirar a foto enquanto o gato descia mas juro que o vi descer. :-)
Fiquei sem dúvidas que quem lá mora gosta mesmo de animais.
De onde tirei as fotografia há um pequeno restaurante e o bichano está habituado a descer e aproveitar umas guloseimas gastronómicas.
Não está mal visto :-)
 
 

sábado, 20 de outubro de 2012

Sanddorn

 
O espinheiro marítimo ("Sanddorn" em alemão), também chamado espinheiro-cerval marítimo ou falso-espinheiro, é um arbusto que na Europa Ocidental existe nas costas marítimas, onde os ventos com sal do mar impedem outras plantas maiores de crescer, mas na Ásia Central é mais difundida nas zonas semi-desérticas, e serve para combater a erosão.
O seu fruto é usado na preparação de cosméticos, xaropes e sumos. E eu até diria ... de gelados!, porque já provei um gelado de espinheiro-marítimo :-)
De nome latino Hippophae Rhamnoides, é uma planta empregada para prevenir a erosão do solo, além de servir como alimento e para a produção de medicamentos, devido ao seu conteúdo riquíssimo em vitamina C (695 mg por 100 gramas, muito superior a do kiwi e dos cítricos).
E, surpresa (?), mais de 90% da área de cultivo, cerca de 1,5 milhões de hectares, encontra-se na China.
A polpa do fruto em estado natural é muito ácida (adstringente) e oleosa, pouco agradável ao gosto. O congelamento diminui as propriedades adstringentes e assim a polpa pode ser consumida na forma de sumo ou na preparação de geleias, doces e licores.
Nesta região da Frísia de Leste, onde a planta existe nas costa e nas ilhas, um dos produtos mais típicos é o licor de Sanddorn (nome da planta em alemão).
 

 

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

JadeWeserPort

 
O JadeWeserPort é o maior projecto portuário da Alemanha.
Tem o apoio dos estados da Baixa Saxónia (50,1%) e de Bremen (49,9%). 
Este novo porto de mar está localizado em Wilhelmshaven na baía de Jade. Tem uma profundidade de 18 metros, e pode receber os maiores navios porta-contentores do Mundo, com comprimentos até 430 metros e 16,5 metros de calado, em qualquer maré.
A obra foi iniciada em Março de 2008, e o porto foi oficialmente aberto em 21 de Setembro de 2012, embora funcionando com capacidade parcial; deverá funcionar com plena capacidade daqui a cerca de um ano.
 
 

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Evenburg com cosmética fotográfica, e não só!


O objecto é muito fotogénico, mas desde há alguns meses que precisa de ajuda do fotógrafo para não se mostrarem as obras do lado direito, por detrás da árvore.
No último ano li muitos apelos nos jornais locais para quem possuísse fotografias antigas as enviasse, de forma a que o castelo possa ser restaurado da forma o mais fiel possível com as versões anteriores.
Em tudo é dada atenção no restauro do castelo e até dos jardins. Por gravuras antigas botânicos identificaram algumas plantas e árvores que deverão ser a pouco e pouco reintroduzidas no parque envolvente.
De resto o parque continua lindo, deixando as cores de outono a pouco e pouco irem tomando conta da paisagem...
 
 

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Pilrito-comum?

Na ilha de Juist

Julgo que a designação estará certa. Mas vou deixar a interrogação até que alguém me confirme.
Percorre a praia em zig-zag como uma "máquina de costura" aproveitando moluscos, crustáceos e minhocas para se alimentar.
É uma ave muito "nervosa". Lá ia "triturando" mas sempre com o olho no fotógrafo que se queria aproximar :-)


domingo, 14 de outubro de 2012

A importância do filtro polarizador

Com filtro polarizador

Num dos comentários às fotografias dos postais anteriores a Papoila dizia que não se notavam "os problemas técnicos" que eu referi :-)
Uns, resolveram-se com contorcionismo no banco de trás da aeronave, de modo a tentar apanhar a melhor posição, e as consequentes dores nas costas nos dias seguintes.
Outros, como a neblina que pairava no ar nesse dia, com algum contraste e correcção dos níveis de luz, mas há coisas que é preciso ter alguma "bagagem" fotográfica (na mochila e nos conhecimentos :-)) que ajudam.
Muita gente sabe o que é um filtro polarizador, muitos até os "trazem" consigo todos os dias nos óculos de sol (quando são de boa qualidade e polarizados), que permite uma passagem da luz de forma selectiva, eliminando por isso reflexos ou brilhos indesejados.
Já prevendo o problema terrível dos reflexos nos vidros optei pela aquisição de um filtro polarizador de boa qualidade. Foi caro mas compensou :-)
(Na realidade já tinha um filtro destes mas não servia nas lentes de maior diâmetro).
Os mais cépticos podem ver a diferença.
A ordem das fotografias foi trocada propositadamente.
As duas fotografias foram tiradas com 8 segundos de diferença entre elas (que foi o tempo para enroscar o filtro e rodá-lo de modo a escolher a melhor posição, com menos reflexos).
Num avião grande com o interior mais escuro este problema até pode não se notar com tanta intensidade, mas numa pequena aeronave com a cabine cheia de luz dá isto:
 
Sem filtro polarizador!

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

A Frísia Oriental vista do ar - 2ª parte


O passeio aéreo iniciado no postal anterior teve uma pequena pausa e permitiu pôr os pés em mais uma ilha frísia.
Entretanto o tempo melhorou um pouco e ainda deu para ir até à extensa praia e voltar ao aeródromo, tomar um café e em embarcar de novo.
Um dos problemas "fotográficos" foi a contraluz, devido à obrigatoriedade da aeronave ter de passar a norte das ilhas. O outro aspecto menos bom foi que passei para o banco de trás e perdi a melhor posição, tendo que disparar quase sempre sem olhar, "apontando a câmara para a zona".
O terceiro problema técnico, o dos reflexos nos vidros, e que abordarei noutro postal, resolveu-se com um filtro polarizador de boa qualidade.
Mesmo assim o dia valeu, não só pelas fotografias mas especialmente pelo passeio e pelas vistas :-)

Mapa adaptado por mim, a partir de imagem da Wiki, da autoria de Enricopedia

Dentro de momentos vamos embarcar para a viagem de regresso...
(mas se ainda não viu a 1ª parte do passeio sugiro começar pelo postal anterior :-))
 

terça-feira, 9 de outubro de 2012

A Frísia Oriental vista do ar - 1ª parte

Cidade de Aurich
 
Uma pequena aventura!
Um passeio aéreo até à ilha de Juist, com regresso pelas outras ilhas frísias, passagem por Wilhelmshaven, até regressar ao aeródromo de Westerstede.
No caminho pude apreciar muitos dos locais que tenho visitado e conhecido ao longo dos últimos anos: Aurich, Norden, as ilhas de Baltrum e Spiekeroog e mesmo Wilhelmshaven.
O passeio começou com uma palestra informativa (aviões, meteorologia, percurso, segurança, etc.), depois a viagem até Juist durou 27 minutos. Em Juist houve tempo para uma visita à extensa praia e um café. O regresso durou pouco mais de meia hora.
O avião foi um Piper 28 Cadet, com as asas rebaixadas, facto que talvez não tenha permitido conseguir os melhores planos nas fotografias. (Penso que um Cessna teria sido melhor, mas não tive escolha).
A viagem até esteve para não se realizar. A chuva e vento não ajudaram, e por causa da instabilidade atmosférica e da vibração da aeronave foi pois foi preciso utilizar velocidades de obturador muito elevadas. Além disso, com os vidros de permeio, a focagem das fotografias teve de ser manual, etc.
Como se já não bastasse, as rotas de aeronaves obrigaram a que muitas fotografias tivessem que ser em contraluz por se ter de passar a norte das ilhas.
Ou seja, tudo desculpas de português :-), mas com essas condições adversas as imagens não podiam sair perfeitas e ficou o desejo de um dia (não sei é se será ainda nesta vida :-)) poder repetir a aventura.
Fica o que é possível, algumas imagens menos más, e a memória de um dia diferente e muito bem passado, em que ainda deu para conhecer outras pessoas com a mesma paixão de fotografar :-)

Neste postal irei mostrar as fotografias da primeira parte, o voo de Westerstede para a ilha de Juist, percurso marcado a vermelho no mapa:

Mapa adaptado por mim, a partir de imagem da Wiki, da autoria de Enricopedia

Passar à próxima página para ver a colecção de fotografias...

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Publicidade da época

Um pouco por todo o lado, publicidade de suportes para guardar pneus

Aos Domingos a caixa do correio leva com 2 quilos de jornais de distribuição gratuita!
Juntamente com os jornais, que nos vão pondo ao corrente do que se passa localmente, e da agenda cultural, vêm imensos prospectos de publicidades: supermercados, materias de construção, casa e jardim, mobílias, etc.
A leitura dos 2 quilos de papel já se tornou no "desporto" de depois do pequeno-almoço :-)
Desta vez, e convém não nos esquecermos, está na época de trocar para os pneus de inverno :-)
A neve e o gelo daqui a pouco estão aí...

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

A Ilha de Borkum (2)


Antes de passar a outras regiões vou mostrar mais algumas fotos da Ilha de Borkum :-)

Clicar na foto para ver em tamanho maior
 

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

1+1=1


No dia da Reunificação da Alemanha escolhi este título: 1+1=1.
Hoje foi feriado. As comemorações oficiais aconteceram em Munique. Mais de 500 mil que se juntaram aos festejos.
O dia esteve chuvoso por aqui.
Lembrei-me desta fotografia da Ilah de Borkum que ainda faltava mostrar.
1+1=1 também na fotografia, pois trata-se da mesma mamã corredora fotografada (propositadamente de costas para não mostrar a cara) em duas posições consecutivas da corrida.
O resto é saber, ou pestanas queimadas (conforme lhe queiram chamar :-)

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Orquídea "cor de limão"


Um dia logo pela manhã, quando fui comprar o pão, olhei para as flores que estão sempre à entrada de uma loja junto da padaria e ... não resisti a comprá-la :-)


http://postaisalemanha.blogspot.de/2012/03/mais-orquideas.html

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Kitesurfing

(Clicar na foto para ver em tamanho maior)

A visita à Ilha de Borkum no mês passado permitiu algumas fotografias de acção :-)
 
Foto-composição da sequência de um salto