domingo, 29 de março de 2015

Apfelstrudel


Hoje cá em casa houve "Apfelstrudel", que é um folhado de maçã,  especialidade de Viena, também muito popular na Alemanha e noutros países vizinhos.
Aqui fica uma adaptação caseira que tentei documentar. Apenas fotografei e comi :-)
Só é pena as fotografias não registarem o sabor, porque estava delicioso!
Em vez de copiar o texto, deixo o link da Wikipédia, em português, que tem bastante informação sobre o Apfelstrudel:
Seguem-se mais fotos...

quinta-feira, 26 de março de 2015

O beijo

Aurich, 8-2-2015

Toda a gente sabe que as focas são grandes equilibristas.
E essa capacidade pode dar muito jeito! 
Ver neste link:

sábado, 21 de março de 2015

Gut Altenkamp revisitado


O eclipse de ontem não apareceu para muitos, mas quase "eclipsou" a tal data que marca o início da Primavera "astronómica".
Para comemorar a chegada da Primavera, (outra vez! :-)), resolvi mostrar este palacete.
Chama-se Gut Altenkamp, fica em Aschendorf, uma localidade perto de Papenburg, no distrito de Emsland.
Embora não seja muito perto daqui, todos os anos fazemos uma ou duas visitas a este lugar. Costuma ter exposições e outras atracções culturais muito interessantes.
Mesmo que seja só para dar um passeio no jardim, estilo barroco, já vale a pena.
Este ano fomos, mais cedo do que é costume, à procura de flores.
No jardim ainda não havia, mas na alameda frontal não fiquei decepcionado :-)
Aqui fica a sugestão para quem passa na auto-estrada alemã A31, vale a pena um pequeno desvio na saída 16, para Rhede(Ems) e Aschendorf.

Outros postais:


sexta-feira, 20 de março de 2015

Um pseudo eclipse


Não, ainda não me "eclipsei" :-)
Quem não apareceu foi o Sol!
Apesar dos "Wetterfrösche" (traduzindo por sapos do tempo, que na gíria alemã são os meteorologistas) o "terem prometido".
O Sol pregou-nos a partida, ou melhor, as nuvens, porque o Sol está lá sempre.
Usando uma palavra bem portuguesa, recorri ao desenrascanço.
Aqui fica uma fotomontagem de como o eclipse seria visto aqui.
A imagem do Sol foi obtida ontem com um filtro especial (que já mencionei noutro postal). Hoje fotografei o céu e "recortei" o Sol com o contorno do crescente mostrado numa simulação de um planetário. 


1/8000s, F25, ISO 100, filtro Hoya NDx400

No caso de fotos do Sol sem filtros adequados a imagem fica quase sempre com exposição a mais e "queima", vendo-se apenas um círculo branco muito intenso.
Aqui o pontinho preto não é sujidade, mas uma mancha solar. Com sobre-exposição a mancha não seria visível.

Aproveito também para mostrar uma foto de um dos locais onde o Sol mais se "deixou tapar".
Uma foto tirada pela minha filha Sandra, enviada da Irlanda:



quarta-feira, 18 de março de 2015

Começando devagar...


Comecei os trabalhos no jardim pela parte mais simples :-)

segunda-feira, 16 de março de 2015

Imprima os selos de correio em casa


Hoje fui surpreendido com esta novidade.
Precisei de consultar o valor dos selos de correio para uma carta normal na Alemanha: 62 cêntimos.
Houve um aumento de 2 cêntimos, e os selos antigos que temos em casa são de 60 cent.
Mas os Correios da Alemanha ("Deutsche Post") simplificam.
Até podemos pagar online e imprimir em casa os selos que precisamos, mesmo se forem só os de 2 cent. para adicionar aos antigos :-)

quinta-feira, 12 de março de 2015

Já se preparou para o eclipse?


Já comecei a preparação e comprei uns "óculos" para observar o eclipse do próximo dia 20.
Nesta região da Alemanha o Sol deverá ficar 84 a 85 % coberto pela Lua.
Quanto à fotografia do eclipse fiz uma revisão da matéria estudando na internet as sugestões de quem tem mais experiência.
Também vos deixo aqui umas sugestões: não olhem directamente para o Sol! Mesmo quando se observa apenas uma pequena parte do Sol isso pode ser prejudicial para os nossos olhos.
E o mesmo se aplica às máquinas fotográficas e telemóveis!
A luz muito intensa pode danificar os sensores dos aparelhos.
Se as nuvens me deixarem, irei usar um filtro especial, um filtro de Densidade Neutra, com um factor de redução de luz de 9 stops de abertura, que equivalem a um factor de redução de luz de aproximadamente 500 vezes.
Uma forma interessante e segura de observação é fazer uma construção simples com cartão ou cartolina, que nos permite a projecção do eclipse. Há na internet muitas dicas para fazer uma construção de "aparelhos de observação" :-)

Só falta no dia 20 de Março o céu não estar encoberto :-)
(e a probabilidade de isso acontecer é elevada)


You should never look directly at the sun, but there are ways to safely observe an eclipse.
Source SPACE.com: All about our solar system, outer space and exploration

Este link tem duas imagens muito interessantes, que permitem saber as horas e a percentagem do eclipse parcial conforme o local:

segunda-feira, 9 de março de 2015

sábado, 7 de março de 2015

Estragando o trabalhos dos outros


Nesta região da Alemanha, especialmente nas cidades mais pequenas e vilas, é costume a presença de muitas flores nos canteiros das ruas nas zonas pedonais.
A cidade de Leer prepara-se para a Primavera. Aliás, hoje o dia esteve mesmo primaveril :-)
Na semana passada sentei-me na rua a observar estes "agentes destrutivos" que aproveitaram as sementes menos profundas nos canteiros da rua principal :-) 

terça-feira, 3 de março de 2015

A arte mais pura


Na semana passada, numa certa manhã, tinha eu acabado de acordar, fui surprendido pela beleza do trabalho que a Natureza fez durante a noite, nas janelas inclinadas do nosso telhado.
Simplesmente incrível!
No lado sul o sol já batia na janela e não tive muito tempo para fotografar antes de os cristais de gelo começarem a derreter. 
Do outro lado da casa, mais frio, ainda consegui bater umas chapas.
Fiz uma "revelação fotográfica" a preto e branco, bem contrastada, de forma a realçar os padrões dos cristais de gelo que se formaram.
Mas fora a revelação, o resto é totalmente natural e selvagem.
Ou melhor, parece selvagem mas não é :-)




domingo, 1 de março de 2015

A Primavera


Habituei-me a ouvir que a Primavera começa a 20 de Março.
Realmente essa é a data do início da "Primavera astronómica" em que as estações do ano são divididas consoante as datas dos equinócios e solstícios.
Mas os meteorologistas consideram o início da Primavera no início de Março. Tem a ver com outra "arrumação" dos meses, em que o Inverno é o trimestre com as temperaturas médias mensais mais frias e o Verão as mais quentes.

Aqui vos deixo uma fotografia da nova Primavera, com as primeiras flores, no Castelo de Evenburg, em Leer.
Esperei uma semana para conseguir esta fotografia.
Há uma semana já havia muitos "sininhos de neve" (Schneeglöckchen, em alemão; Galanthus, na classificação científica), que são sempre as primeiras flores a nascer no fim do Inverno. Agora já predominam os crocus :-)
Esta fotografia foi feita em HDR, com 3 exposições.

Mais fotos de Evenburg:
http://postaisalemanha.blogspot.de/search?q=evenburg