domingo, 21 de junho de 2015

Noites claras

1/10s, f2.8, ISO 6400

Hoje é o dia mais longo do ano.
O sol nasceu às 0502 e põe-se às 2203.
Esteve um dia triste de Verão com máxima de 16 ºC :-(
Ainda demos um passeio de bicicleta, mesmo com uns pingos de chuva.
O Solstício de Verão ocorre daqui a pouco, às 1839 (hora local).
O dia é muito comprido e as noites são curtas, os passarinhos começam a cantar pelas 4 e pouco, logo aos primeiros alvores. Todos os anos temos um ninho por debaixo do cume do telhado e é tão bom dormitar a ouvir as melodias mais belas da Natureza :-)
Uma noite destas quando me fui deitar, pela meia-noite, olhei para norte e fui buscar a máquina, pois o céu fica tão claro que achei que merecia uma fotografia para mostrar aqui no blogue.

A fotografia de cima foi tirada sem tripé (julgo que apoiei a máquina na base da janela) com 1/10s, f2.8, 50mm, ISO 6400.
Tem pouco ruído comparada com esta outra, tirada com ISO equivalente a 25600, no limite da capacidade da máquina.
O ruído das fotografias pode surgir basicamente de duas formas: nas fotografias nocturnas devido à exposição prolongada (que não foi o caso), ou devido à sensibilidade elevada, ISO elevado, que foi neste caso evidente.
Portanto, para evitar ter este problema nas fotografias, convém escolher sempre ISO com o valor mais baixo possível.
Quanto às fotografias nocturnas, além do ISO baixo, as boas máquinas têm opções para reduzir o ruído nas exposições prolongadas. 
Ainda assim o software para pós-processamento também permite efectuar o chamado "denoise", remoção de ruído, com algum sucesso. 
Não foi obviamente o caso da última fotografia.

1/100s, f2.8, ISO 25600

3 comentários:

  1. O sol posto ocorrerá às 21:02 em Toronto. Pensar que os dias vão ficando gradualmente mais pequenos a partir de agora!...

    ResponderEliminar
  2. É verdade Catarina! Mas temos de pensar que o copo ainda está meio-cheio :-)
    Ainda há muito Verão para aproveitar, felizmente!
    abraço

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente não se pode ter sol na eira e chuva no nabal... há que assumir compromissos.
    Fica o registo que era o mais importante!

    ResponderEliminar